Milão/Itália: Roteiro de 2 dias. O que fazer?

Onde ficar?

Ficamos no Ibis Milano Centro; um dos melhores e mais modernos Ibis que já ficamos, e quem acompanha o blog sabe que já ficamos em muitos. Era super novo e modero. Como todo IBIS, o hotel tem tudo que você precisa, boa cama, chuveiro, wi-fi e tudo isso com uma ótima localização e ótimo preço.

Caso ainda esteja procurando por hospedagem para sua viagem, separamos alguns hotéis com ótimas avaliações para você conferir no Booking.com: 3* Spice Hotel Milano / 4* iQ Hotel Milano / 5* Bulgari Hotel Milano / Outras Opções.

Dicas de Milão

  • Já comprou sua passagem? Se não, confira os preços através do JetRadar, que pesquisa o melhor preço em dezenas de sites.
  • Nesse roteiro existem literalmente milhares de paradas e outras opções de estádias/visitas; tudo depende do seu tempo e interesses. Plote no Google Map e descubra outras opções.
  • Como sempre sugerimos no blog, nunca deixe para comprar ingressos no momento, evitando assim filas e perda de tempo. O blog, em parceria com a empresa Get Your Guide, disponibiliza a opção de compra antecipada de vários ingressos e excursões. Confira alguns exemplos: Caça ao Tesouro da Cidade / Excursão de 1 Dia ao Lago Como, Bellagio e Varenna / Excursão Culinária de 3 Horas a Pé.

Roteiro da Viagem

  • 2 dias em Milão
  • 1 dias em Mônaco
  • 1 dia em Marselha
  • 1 dia em Carcassonne
  • 4 dias em Barcelona
  • 4 dias em Madri

O que fazer em Milão?

  • Dia 1 (Castello Sforzesco – Almoço no Farinella – Galeria Vittorio Emanuelle – Catedral de Milão – Jantar no Don Carlos)
  • Dia 2  (Última Ceia de Leonardo Da Vinci no Convento Santa Maria Delle Grazie – Museo Civico di Storia Naturale di Milano – Almoço no Eataly)

Milão (2014)

Dia 1 – Castello Sforzesco – Almoço no Farinella – Galeria Vittorio Emanuelle – Catedral de Milão – Jantar no Don Carlos

Acordamos e fomos para o Castello Sforzesco, um dos pontos turísticos mais marcantes da história de Milão. Construído no século XV por Francesco Sforza, atualmente abriga várias coleções dos museus e galerias de arte da cidade, entre elas a última escultura de Michelangelo, La Pietà Rondanini e também a outra pintura de parede de Leonardo da Vinci em Milão, La sala delle Asse (A outra é a Última Ceia no Convento Santa Maria Delle Grazie). Visita indispensável em Milão: Excursão Guiada 2 Horas Castello Sforzesco e Museus.

Saímos do castelo e almoçamos bem em frente, no Restaurante Farinella (farinella_family). Comida italiana deliciosa; simples e muito bem feita. O bom da Itália é isso. Comida simples e deliciosa em qualquer lugar.

De lá seguimos para a Galeria Vittorio Emanuelle que fica entre a Piazza Del Duomo e Piazza della Scala. É uma impressionante obra da arquitetura do século XVIII, um verdadeiro charme para uma cidade que respira moda e arte! A galeria recebe uma multidão de turistas, que buscam restaurantes e cafés, além de grifes como Gucci, Prada ou Vuitton.

Na mesma Piazza, fomos ver a famosa Catedral de Milão! A cartão postal da cidade. Linda e majestosa! Você tem várias opções de visitas; ver somente a parte de dentro da Catedral com opções do museu, áreas arqueológica e a Igreja de San Gottardo in Corte, somente subir ao topo da Catedral ou tudo. Nós fomos em tudo, pois essa é umas das mais lindas e famosas igrejas do mundo: Catedral de Milão e Terraços: Tour Guiado c/ Entrada Rápida.

A Catedral é linda por dentro, mas nós particularmente adoramos subir ao topo. Definitivamente imaginável com a Catedral, que foi construída no século XIII pode ser concebida tão perfeitamente. Todo o monumento durou cerca de 600 anos para ficar pronto; aí se vê o tamanho da sua complexa arte em suas torres. Sem contar as lindas vistas da cidade lá de cima.

Jantamos no Restaurante Don Carlos (ristorante.doncarlos), um sofisticado restaurante do Grand Hotel Milan. Serviço e comida de alto nível em um ambiente nostálgico ao som ambiente com óperas clássicas. Perfeito! O Menu degustação sai a 85 Euros, mas é tudo sensacional.

Dia 2 – Última Ceia de Leonardo Da Vinci no Convento Santa Maria Delle Grazie – Museo Civico di Storia Naturale di Milano – Almoço no Eataly

Acordamos cedo, para ver a Última Ceia de Leonardo Da Vinci no Convento Santa Maria Delle Grazie. A pintura representa a cena da última ceia de Jesus, retratando exatamente o momento em que Jesus fala aos apóstolos que sabia que alguém entre eles iria traí-lo. A obra foi restaurada inúmeras vezes e suportou várias agressões ao longo do tempo, desde a abertura de uma porta pelos padres até ao bombardeio aéreo na Segunda Guerra Mundial. Trata-se de uma das pinturas mais conhecidas do mundo, fazendo da visita aqui obrigatória em qualquer viagem a Milão.

Importante mencionar que os ingressos aqui são super disputado e que te dão direito a ficar dentro do Convento olhando a obra por somente 15 minutos. Pois é, infelizmente somente meros 15 minutos. Não deixe para tentar comprar lá na hora, pois vimos várias pessoas não conseguindo entrar: Última Ceia com Guia de Áudio.

Como estava chovendo quando saímos da Catedral, decidimos visitar o Museu de História Natural de Milão, que foi bem legal conhecer, principalmente se você está viajando com crianças. Nunca tínhamos ido há um museu deste tipo antes e achei super legal.Almoçamos no Eataly (eataly.milano), no caminho para o Hotel.

Gostamos muito de Milão, mas como estava chovendo muito e fomos em pleno feriado, ficamos com o sentimento de não ter visto a cidade como ela é de verdade. Um bom motivo para voltar.

Tagged ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *