Porto de Galinhas/Brasil: Roteiro de 6 dias. O que fazer?

Onde ficar?

Ficamos na Pousada Portomares. Em uma cidade cheio de resorts incríveis, o hotel é muito simples, mas atende todas as necessidades, principalmente de quem quer ficar fora do hotel o dia todo. Não tem lazer, mas e muito bem localizada, a 100 metros das piscinas naturais de Porto de Galinhas, além de ser muito arrumadinha e aconchegante. Ficar em resorts é sempre muito bom, mas nesse caso o custo foi muito mais em conta.

Caso ainda esteja procurando por hospedagem para sua viagem, separamos alguns hotéis com ótimas avaliações para você conferir no Booking.com: 3* Pousada das Galinhas / 4* Samoa Beach Resort / 5* Nannai Resort & Spa / Outras Opções.

Dicas de Porto de Galinhas

  • Já comprou sua passagem? Se não, confira os preços através do JetRadar, que pesquisa o melhor preço em dezenas de sites.
  • É sempre importante consultar a tábua de mares no dia antes de tomar decisões em relação a excursões nessa região. O pessoal dos hotéis estão sempre dispostos a ajudar para saber qual o melhor dia para fazer excursões onde existem as piscinas naturais.
  • A Praia do Carneiro é maravilhosa. Não deixe de ir se puder. Existem também excursões para Maragogi, mas no dia que fechamos choveu demais e não deu para ir.
  • Aproveite as promoções dos restaurantes. Todos os dias alguns restaurantes tem ótimas promoções de 2×1, etc.

O que fazer em Porto de Galinhas?

  • Dia 1 (Praia de Porto de Galinhas – Rua da Esperança – Jantar no Barcaxeira)
  • Dia 2 (Praia de Carneiros – Jantar no Domingos)
  • Dia 3 (Praia de Porto de Galinhas – Jantar no La Crêperie)
  • Dia 4 (Praia de Porto de Galinhas – Jantar no Munganga)
  • Dia 5 (Excursão de Buggy – Pontal de Maracaípe – Jantar no Beijupirá)
  • Dia 6 (Piscinas Naturais de Porto de Galinhas / Almoço no Peixe na Telha / Rua da Esperança)

Porto de Galinhas (2010)

Dia 1 – Praia de Porto de Galinhas – Rua da Esperança – Jantar no Barcaxeira

Chegamos de Recife mas no fim da tarde. Demos uma passada rápida pela praia principal de Porto de Galinhas só para conhecer mesmo. Andamos um pouco pela Rua da Esperança e fomos jantar no famoso Restaurante Barcaxeira (barcaxeira). A especialidade são os escondidinhos feito com purê de mandioca, que são muito bons. Com certeza vale a pena. A Macaxeira Gratinada com carne de Sol e Catupiry para 2 pessoas sai a R$56,90. Delicioso.

Depois do jantar demos uma andada na rua principal mais para conhecer mesmo e fomos direto para o hotel. Uma das vantagens da pousada e que ficava bem perto da área central.

Dia 2 – Praia de Porto de Galinhas – Rua da Esperança – Jantar no Barcaxeira

Como dito anteriormente, é sempre importante consultar a tábua de mares no dia antes de tomar decisões em relação a excursões nessa região. No nosso caso, esse seria um dos melhores dias, então decidimos já fazer a excursão a Praia de Carneiros.

A praia dos Carneiros é um lugar espetacular, com piscinas naturais, dunas, banho de argila, e varias outras coisas a fazer. Apesar do dia não estar tão ensolarado, deu para ver que o lugar é lindo. Você pode ir de carro, mas parece que o acesso não é tão simples. No nosso caso pegamos a excursão que chega a praia através de catamarãs.

A noite jantamos no Restaurante Domingos. Comida sensacional, e o melhor é que durante alguns dias da semana o segundo prato saia de graça.

Dia 3 – Praia de Porto de Galinhas – Jantar no La Crêperie

Acordamos tarde e ficamos o dia inteiro aproveitando a Praia de Porto de Galinhas.

A noite jantamos no Restaurante La Crêperie (lacreperiepe). Ótimos crepes e uma variação gigante de sabores. Um melhor que o outro.

Dia 4 – Praia de Porto de Galinhas – Jantar no Munganga

Tínhamos programado uma excursão a Maragogi. Entretanto, antes de sairmos de Porto de Galinhas a noticia é que seria um dia bem chuvoso lá, então a própria operadora da excursão sugeriu que não seria bom ir. Fica para uma próxima.

Como no dia anterior, ficamos o dia inteiro aproveitando a Praia de Porto de Galinhas.

A noite jantamos no Restaurante Munganga. Alem de ser delicioso, também tem o dia da semana na qual o 2o prato sai de graça. Sem contar que esta situado em frente a praia, com uma vista bem legal.

Dia 5 – Excursão de Buggy – Pontal de Maracaípe – Jantar no Beijupirá

Acordamos cedo e pegamos a excursão de Buggy. A excursão passa por vários lugares de Porto de Galinhas, com destaque para a Praia do Muro e os manguezais a caminho de Maracaípe.

Mais a tarde, andamos de Porto de Galinhas até o Pontal de Maracaípe. O lugar estava bem vazio, mas é muito bonito. Vimos várias pessoas andando de jangadas, mas somente sentamos na areia e aproveitamos a beleza do lugar.

A noite jantamos no melhor restaurante da viagem, o famoso Restaurante Beijupirá. Não é barato, mas a comida vale cada centavo. Se puder, não deixe de ir, pois é muito bom.

Dia 6 – Piscinas Naturais de Porto de Galinhas / Almoço no Peixe na Telha / Rua da Esperança

Só fomos fazer a excursão as piscinas naturais no último dia. Como disse anteriormente, é importante consultar a tábua de mares durante sua estadia. No nosso caso, esse seria o melhor dia para fazer essa excursão e aproveitar melhor as piscinas.

Depois de passar a manha toda nas piscinas naturais, almoçamos no Restaurante Peixe na Telha, que é bem famoso em Porto de Galinhas. O restaurante tem esse nome devido a literalmente servir a comida em telhas. Muito bom também, vale bem a pena.

A tarde andamos um pouco pela Rua da Esperança até o momento de voltar para Recife para pegar o vôo de volta.

Tagged ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *