Salvador/Brasil: Roteiro de 2 dias. O que fazer

Onde ficar?

Ficamos hospedados no Gran Hotel Stella Maris Resort. Hotel tipo Resort, porem somente o café-da-manhã era incluso. Atendimento espetacular, fazem de tudo para te deixar a vontade. Quarto muito bom. Única coisa ruim foi a comida. O café-da-manhã incluso era muito bom, mas o a la carte do almoço e do jantar eram bem ruins, ainda mais em Salvador, que tem restaurantes incríveis.

Caso ainda esteja procurando por hospedagem para sua viagem, separamos alguns hotéis com ótimas avaliações para você conferir no Booking.com: 3* Bahia Café Hotel / 4* Boulevard Residencial / 5* Hotel Fasano Salvador / Outras Opções.

Dicas de Salvador

O que fazer em Salvador?

  • Dia 1 (Gran Hotel Stella Maris Resort)
  • Dia 2 (Dique do Tororó / Pelourinho / Elevador Lacerda e Mercado Modelo / Igreja do Senhor do Bonfim / Farol da Barra / Jantar no Yemanjá)

Salvador (2010)

Dia 1 – Gran Hotel Stella Maris Resort

Passamos o primeiro dia aproveitando a estrutura do hotel. O grande diferencial do hotel é a piscina e aproveitamos o dia todo.

Dia 2 – Dique do Tororó / Pelourinho / Elevador Lacerda e Mercado Modelo / Igreja do Senhor do Bonfim / Farol da Barra / Jantar no Yemanjá

Como iriamos passar somente 1 dia passeando pela cidade, decidimos pegar o Salvador Bus, que tem uma estação no Shopping Iguatemi. Você paga R$30,00 e pode parar, descer e voltar aos vários ônibus em qualquer uma das paradas, estilo Hop in/ Hop off.

O ônibus passa pelos principais hotéis e pontos turísticos da cidade. Perfeito para quem tem pouco, ou no nosso caso pouquíssimo tempo em Salvador.

Não paramos em todos os pontos, até porque são muitos. Segue abaixo os lugares principais, que recomendamos que você desça e visite. Como o ônibus funciona no sistema Hop in/Hop off não existe uma ordem específica, você consegue planejar seu itinerário conforme sua vontade.

Dique do Tororó – O Dique do Tororó é uma lagoa artificial e um parque. O lugar é muito bonito e sua principal atração são as estatuas do orixás no meio da lagoa.

Pelourinho – O Pelourinho é um verdadeiro centro histórico e cultural, cheio de igrejas e prédios antigos. Enquanto lá, não deixe de visitar a Igreja e Convento de São Francisco, que é umas das mais belas igrejas da cidade. Aqui você também tem a oportunidade de presenciar várias apresentações culturais além de tirar fotos com as famosas baianas (geralmente cobram uma valor).

Elevador Lacerda e Mercado Modelo – Construído em 1873, o elevador te proporciona descer até a Cidade Baixa para visitar o famoso Mercado Modelo. Entretanto, antes de descer pare para se deslumbrar com a linda vista da Baia de todos os Santos.

Igreja do Senhor do Bonfim – A Igreja do Senhor do Bonfim foi fundada em 1745 pelos portugueses. A crença das fitinhas do Senhor do Bonfim, que realiza os desejos dos fiéis, virou simbolo de Salvador. A fita é amarrada ao punho e fixada com três nós, sendo que a cada nó se faz um pedido. Os três pedidos devem ser mantidos em segredo até os nós se soltarem por desgaste natural. É claro que amarrei a minha nas grades da igreja onde milhares de pessoas já fizeram seus pedidos. Além do mais, a igreja é extremamente bonita por dentro, sendo super ornamentada em Ouro. Ainda nessa região, não deixe de visitar a Sorveteria da Ribeira enquanto passeia pela orla da Ribeira. A sorveteria é uma das mais famosa da cidade, sendo premiada pela Veja 12 vezes. Ela foi fundada em 1931 e serve vários sabores típicos do Brasil, como por exemplo o sorvete de tapioca e o de graviola.

Farol da Barra – Considerado um dos faróis mais antigo da América, o Farol da Barra é um dos pontos turísticos mais famosos de Salvador. O farol faz parte do complexo militar do Forte de Santo Antônio da Barra, que também abriga o Museu Náutico de Salvador.

A noite jantamos no famoso Restaurante Yemanjá, famoso pelas suas moquecas.

Tagged ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *