Tiradentes/Brasil: Roteiro de 2 dias. O que fazer?

Onde Ficar?

Não ficamos em Tiradentes, mas sim em São João Del Rei, que fica a aproximadamente 20-30 minutos de Tiradentes. O Garden Hill Golf Resort é espetacular. Do atendimento, aos quartos, até a gastronomia, tudo é perfeito no hotel. Definitivamente não é uma opção barata, mas as mordomias e o nível do hotel também prevalecem em comparação com a maioria das pousadas em Tiradentes. Provavelmente não levaria em conta o “Golf”, pois quando fomos até deu para ter aula, mas jogar pelo campo mesmo era impossível.

Caso ainda esteja procurando por hospedagem para sua viagem, separamos alguns hotéis com ótimas avaliações para você conferir no Booking.com: 3* Dom Xavier / 4* Santíssimo Resort / 5* Pequena Tiradentes / Outras Opções.

Dicas de Tiradentes

  • Já comprou sua passagem? Se não, confira os preços através do JetRadar, que pesquisa o melhor preço em dezenas de sites.
  • Na volta, não deixe de parar em Lagoa da Prata e levar o famoso rocambole da cidade.
  • Não deixe de visitar o famoso Chico Doceiro no centro de Tiradentes.

O que fazer em Tiradentes?

  • Dia 1 (Almoço no Atrás da Matriz – Igreja Matriz de Santo Antônio – Chafariz São José – Rua Ministro Gabriel Passos – Igreja São Francisco de Paula – Largo das Forras – Jantar no Tragaluz)
  • Dia 2 (Almoço no Via Destra – Chico Doceiro – Bichinhos)

Tiradentes (2010)

Dia 1 – Almoço no Atrás da Matriz – Igreja Matriz de Santo Antônio – Chafariz São José – Rua Ministro Gabriel Passos – Igreja São Francisco de Paula – Largo das Forras – Jantar no Tragaluz

Começamos o dia pelo almoço no Restaurante Atrás da Matriz (atrasdamatriz), que fica literalmente atrás da Matriz de Santo Antônio. Famoso pelo bacalhau, o restaurante é uma ótima pedida em Tiradentes. As pizzas também são uma ótima pedida.

Saímos do restaurante e fomos direto para a principal atração de Tiradentes, a famosa Igreja Matriz de Santo Antônio. A igreja é aberta para visitação e com certeza vale à pena. Alguns reais te dão o direito de visitar a parte de dentro dessa linda igreja. Ao sair, desça a Rua da Câmara em direção ao Chafariz São José, que é um dos monumentos históricos mais conhecidos de Tiradentes.

Volte a Rua Ministro Gabriel Passos e aproveite as dezenas de lojinhas. Você pode comprar de tudo que imaginar, principalmente ingredientes da culinária mineira. São várias lojas vendendo doces de leite, queijos, cachaças, doces, etc. Vire a esquerda ao fim da rua, no sentido da Igreja São Francisco de Paula. A igreja não é tão famosa quanto a Matriz, mas sem dúvida a vista aqui é uma das mais belas de Tiradentes.

Volte em direção ao Largo das Forras. Se tiver tempo, aproveite os vários barzinhos e restaurantes ao redor da praça, ou até contrate um passeio de charrete.

Ficamos um pouco ao redor da praça e fomos jantar no melhor restaurante de Tiradentes, o famoso Restaurante Tragaluz (tragaluztiradentes). O restaurante serve uma cozinha mais contemporânea, mas com foco nos ingredientes de Minas Gerais. Imperdível. Não é tão barato, mas vale cada centavo. Se der, não deixe de ir. Famoso pelos pratos contendo galinha d´angola, qualquer prato aqui é excelente. De sobremesa, não deixe de pedir a famosa Goiabada Frita Tragaluz; umas das melhores sobremesas que já comemos na vida, além de ser uma marca registrada do restaurante.

Dia 2 – Almoço no Via Destra – Chico Doceiro – Bichinhos

Após aproveitar a manhã no hotel, começamos o dia com um delicioso almoço no Restaurante Via Destra. Clássico restaurante Italiano, talvez o mais clássico de Tiradentes. Não deixe de pedir o Spaghetti alla Mamma, que conforme o restaurante é cozido por 8 horas para tirar completamente a acidez do tomate. Muito bom mesmo.

Pegamos o carro e fomos para a famosa cidade de Bichinhos, a uns 10 Quilômetros de Tiradentes. No caminho paramos no Chico Doceiro e compramos alguns canudinhos para a viagem. Muito bom.

Bichinho é muito famoso devido aos seus artesãos. A cidade abriga dezenas de lojas de artesanato. Se você gosta de arte, não deixe de ir, pois cada loja é mais interessante do que a outra. Sem dúvida, dá para passar a tarde inteira olhando.

Saímos de Bichinho direto para Belo Horizonte. Na volta, não deixe de parar em Lagoa da Prata e levar o famoso rocambole da cidade.

Tagged ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *